Milton Cunha revela como acha que será o Carnaval 2021 após a pandemia do Coronavírus

Milton acredita que o Carnaval 2021 será simples, sem dinheiro, porém bastante animado: “Olha pandemia, nós vencemos e você não tirou a nossa alegria”

0

Na última sexta-feira (12), o comentarista carnavalesco e pós doutor em Narrativas do Carnaval, Milton Cunha, através de uma Live do Canal Tips Star News, revelou com exclusividade como acha que será o Carnaval de 2021, após a pandemia do novo Coronavírus.

Milton Cunha é comentarista carnavalesco da Rede Globo (Foto: Anderson Bordê)

Milton explicou em detalhes como funciona o calendário do Carnaval e afirmou que esse ano o calendário foi perdido por causa da quarentena: “Nós perdemos o calendário. O calendário foi atropelado. Em Março o Carnaval descansa e volta em Abril, mas esse ano não voltou. Você escolhe enredo, faz pesquisa, começam os desenhos, em Junho você dá palestras para os compositores e Julho começa o concurso do samba enredo. Isso tudo foi atropelado, isso tudo nós perdemos.” Disse Milton.

Milton Cunha mudou o visual durante à quarentena (Foto: Reprodução/ Instagram)

Milton Cunha e a LIESA, associação que organiza o Carnaval do Rio de Janeiro, acreditam que no mês de Agosto já possa começar a pensar em Carnaval, mas o momento agora é de solidariedade e sensibilidade à dor das pessoas que perderam seus entes queridos para o Covid-19.

“Estão morrendo muitas pessoas. 40.000 famílias estão destroçadas, parece que vai piorar, então nesse momento deixa quieto o Carnaval, vamos ter sensibilidade com as famílias e lá pra Agosto a gente começa a pensar.”

Milton Cunha
Milton Cunha (Foto: Reprodução/ Instagram)

O comentarista acha que em Outubro e Novembro a sociedade vai começar a ter suas aglomerações de volta, em locais abertos, arejados, com mais cautela e provavelmente voltarão os ensaios, voltados para um carnaval mais simples, sem o glamour de sempre, porém mais animado: “Não vai dar tempo de fazer grandes alegorias, grandes fantasias, mas o Carnaval sempre marcou a alegria do povo brasileiro, então eu acho que depois dessa dor, depois desse horror da pandemia, as pessoas vão querer comemorar o Reveillon, dançar seu Carnaval, mesmo sem grandes plumas, mesmo sem riquezas, mesmo sem espelho e sem raio laser.” Acredita Milton Cunha.

“Tocou um bumbo, um tamborim, um surdo, A alegria vai se dar. Acho que vai ser um Carnaval muito importante, de blocos, de bailes, na areia, no sambódromo por que não dá pra colocar todo mundo em local fechado, em lugar apertado.”

Milton Cunha
Milton Cunha (Foto: Reprodução/ Instagram)

Outro assunto importante que Milton fez questão de falar foi sobre o momento de crise financeira que o país está vivendo por causa do desemprego e gastos com a saúde: “Todo o dinheiro vai estar voltado para a saúde, vacina e a recuperação dos pequenos negócios das famílias, então será um Carnaval sem dinheiro.” Disse.

Milton Cunha também falou, de maneira emocionada, a respeito do Réveillon pós pandemia, uma festa grandiosa que reúne milhões de pessoas. O carnavalesco acredita que teremos muitos motivos para comemorar esta virada de ano, apesar das dores de um ano difícil e sofrido: “Eu acho que vai ser um grande réveillon, muito emocionante, muito emocionado por que nós sobrevivemos! Os abraços desse Réveillon vão ser muito mais significativos do que dos outros anos. Nós vivemos mas muita gente se foi. É muito sofrido, então você chegar no Réveillon e conseguir abraçar, é uma prova de que você sobreviveu a tudo isso.” Concluiu Milton.

Milton Cunha (Foto: acervo pessoal)

Milton Cunha sempre passa mensagens positivas e de auto ajuda ao seu público em suas redes sociais e encerrou este assunto com o mesmo sentimento: “Tem que celebrar! A dor está aí mas não podemos se entregar! E que venha o Reveillon, que venha o Carnaval pra que a gente mostre pra tristeza… 🎶 por favor vá embora, minha alma chora, mas é hora de celebrar🎶. Finaliza Milton, cantando o samba Tristeza, de 1966, composta por Jair Rodrigues.

Milton Cunha lançará uma fotobiografia após a quarentena (Foto: Reprodução/ Instagram)
você pode gostar também

Deixe uma resposta