Danielle Winits prestigia o marido na direção de peça em Ipanema no Rio de janeiro

0

Peça teatral “Ouro Branco”, traz texto para refletir, Estreia traz abordagem sobre política, justiça e o serviço público

Danielle Winits prestigiou a estréia de André Gonçalves na direção da peça “Ouro Branco” em Ipanema no Teatro Cândido Mendez, além da atriz e esposa do diretor o ator Marcelo Argenta, o reporter Fa Marianno e a assessora da produção Roberta Mattoso.
A rotina de uma nação, se torna o texto principal em situações tragicômicas, que despertam o conflito entre um grupo de amigos servidores públicos e um procurador-geral. Para quem for assistir a peça Ouro Branco, que estreou nesta quarta-feira (14), no teatro Candido Mendes, assistira um bela representação do cenário político, qual o papel da justiça em nosso país, e o é o serviço público.
O elenco que conta com Charles Paraventi, Eduardo Gentil, Hilton Castro, Ícaro Galvão e Juliana Azevedo, tem o texto do autor estreante André Ladeia, com direção de André Gonçalves.
A abordagem principal mostrará as consequências que mudanças radicais feitas pelo então procurador podem causar não somente no ambiente de trabalho, mas os transtornos que os “usuários” se tornam vítimas quando funcionários são obrigados a atuar sobre uma jornada mais intensa e sobrevivendo com a baixa remuneração. Ou seja, trabalhasse mais, e ganhasse menos. O já não estava bom, se complica quando o grupo percebe a teoria da conspiração.
A temporada de “Ouro Branco” no Cândido Mendes vai até 12 de setembro, com sessões também às quintas,às 20h. Os ingressos custam R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia).

A marina mais bem equipada de Búzios
você pode gostar também

Deixe uma resposta