Evandro Santo vai a polícia registrar queixa de agressão e crimes de homofobia

Evandro Santo ( fotos Marcello Sá Barretto / AgNews )

O ator e humorista esteve na central de polícia a DHPP (delegacia de homicídio e proteção à pessoa) no centro de São Paulo, para registrar queixa de agressão e crimes de homofobia, ameaça e violência para prestar queixa de agressão sofrida em show no fim de semana.
Entenda o caso: Evandro Santo, que trabalhou no programa Pânico por 11 anos, publicou duas fotos no Instagram, neste sábado, 19, para relatar que foi agredido por um integrante da plateia após um show de stand-up comedy na cidade de Marília, no Estado de São Paulo. A equipe do artista confirmou o caso ao E+, que ocorreu na noite de sexta-feira, 18, e disse que vai processar o autor da agressão.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário